Início Musica Rapper Bárbara Bivolt concilia a doçura do romantismo pop com a eletricidade...

Rapper Bárbara Bivolt concilia a doçura do romantismo pop com a eletricidade das batalhas de MCs

2
0

Rapper paulistana nascida na Comunidade do Boqueirão, Bárbara Bivolt está em cena há cerca de dez anos, década em que abriu espaço para as mulheres nas batalhas de MCs, ganhando voz ativa e colecionando vitórias nestes redutos ainda predominantemente masculinos do universo do hip hop.

Contratada pela gravadora Som Livre, Bivolt – como se apresenta artisticamente, mantendo o apelido que ganhou na infância – concilia a dureza das rimas das batalhas com a doçura do romantismo pop no álbum que irá lançar no segundo semestre deste ano de 2019.

Capa do single 'Vista loka', de Bivolt — Foto: 1993agosto

Exigência do habitualmente regulador mercado fonográfico, o romantismo pop – temperado com toque de R&B – está conceitualmente enquadrado no estilo caracterizado pela artista como mood 110 volt. Já o mood 220 volt simboliza a eletricidade original das rimas improvisadas por Bivolt nas batalhas de rua em que há muito som, dança e fúria.

Vista loka, single gravado pela rapper com produção musical de Go Dassisti e lançado neste fim de semana, é a primeira amostra do álbum de Bivolt. A música gerou clipe filmado pela artista na seminal Comunidade do Boqueirão sob direção de Igor Selingarde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui