Botafogo joga mal novamente e perde para o Cuiabá na Arena Pantanal

O Botafogo não jogou bem e perdeu para o Cuiabá, por 2 a 0, neste domingo à noite, na Arena Pantanal, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca acabou o jogo com dois jogadores a menos, devido às expulsões de Hugo e Daniel Borges na parte final do segundo tempo. Ainda muito instável, o Botafogo segue com 21 pontos, agora em décimo lugar. Já o time do Mato Grosso deixou a zona de rebaixamento, com 19 pontos, e subiu par o 13º lugar.

O Botafogo tem sido irregular em sua campanha no Brasileirão. Na rodada anterior, por exemplo, atuou mal e venceu o Red Bull Bragantino, por 1 a 0, em Bragança Paulista.. Mas não é sempre que a sorte ajuda, tanto que caiu diante do Cuiabá, após outra atuação bastante abaixo.

Apesar da expectativa, o Botafogo decepcionou no primeiro tempo. Armado no esquema 3-5-2, posicionou-se muito na defesa, o que dificultou ainda mais a sua evolução até o ataque. O resultado foi claro: nenhuma finalização com perigo ao goleiro Walter.

De outro lado, o Cuiabá se movimentava bastante, tentando chegar na frente em toques rápidos e pelas laterais. Aos nove minutos aconteceu o primeiro lance perigoso, quando Daniel Borges perdeu a bola e viu Rodriguinho tabela com Valdívia que, pelo lado esquerdo, cruzou em direção à pequena área. O zagueiro Victor Cuesta salvou com o calcanhar.

O time da casa se manteve no ataque e Alesson arriscou chute do lado direito, bem defendido por Gatito Fernández aos 16 minutos. Mas o goleiro deu rebote no chute da frente da área de Wendel. A bola sobrou do lado direito, onde Alesson chutou cruzado no contrapé do goleiro botafoguense. Cuiabá na frente: 1 a 0. Mesmo atrás no placar, o time carioca não reagiu. Apesar do equilíbrio na posse de bola, foi o Cuiabá que sempre segurou mais a bola no campo ofensivo.

O Botafogo voltou mudado do intervalo, com o meia Chay no lugar de volante Del Piage e o atacante Jeffinho na vaga do zagueiro Philipe Sampaio, abandonando o esquema com três defensores. Além disso, o Botafogo ocupou o campo ofensivo, empurrando o Cuiabá para a defesa. Os cariocas exageraram nos cruzamentos e não encontravam espaços para as infiltrações, diante de um Cuiabá bem postado, agrupado e que suportou bem a pressão.

Mas o Cuiabá só passou a usar melhor os contra-ataques após a expulsão de Hugo, aos 27 minutos, após falta violenta sobre João Lucas. Aos 38 minutos, o time do mato grosso fez o segundo gol, após cruzamento do lado esquerdo e dois chutes na pequena área. Gatito deu rebote e Igor Cariús, na pequena área, completou para as redes. O lance, porém, foi analisado pelo VAR, que após quatro minutos, apontou impedimento de Igor Cariús, num lance polêmico e que gerou xingamentos da torcida.

Aos 46 minutos, o Botafogo perdeu outro jogador expulso: Daniel Borges fez falta em cima de André Luís, que iria em direção ao gol. Recebeu o segundo cartão amarelo e depois o vermelho. Além disso, Victor Cuesta sentiu tonturas porque minutos antes tinha se chocado de cabeça com Piazon, companheiro do próprio clube que já tinha, inclusive, sendo substituído por Luís Oyama. Aos 51 minutos, Klaus entrou no lugar de Cuesta.

Como entrou sem o devido aquecimento, Klaus recebeu uma bola nas costas logo no primeiro lance e André Luís se aproveitou. O atacante ganho a disputa na velocidade, invadiu a grande área e chutou em diagonal na saída desesperada de Gatito, aos 52 minutos.

Pelo Brasileiro, os dois times voltam a campo no outro fim de semana. No domingo, às 18h, o Botafogo recebe o Atlético Mineiro, enquanto na segunda-feira, dia 19, às 20h, o Cuiabá vai enfrentar o líder Palmeiras, em São Paulo. Mas o time carioca ainda vai tentar um milagre na Copa do Brasil, tentando reverter a derrota para o América-MG, por 3 a 0, pelas oitavas de finais. O jogo de volta acontece na quinta-feira, às 21h, no Engenhão, no Rio de Janeiro, com o Botafogo precisando vencer por quatro gols de diferença ara chegar às quartas. Ou vencer por três gols e levar a definição para os pênaltis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.