Nova Moriá FM

O início do ano de 2022 registrou um novo ‘surto’ de Covid em Mato Grosso do Sul, com aumento de casos confirmados, internações e mortes pela doença. Janeiro chamou atenção da população pela alta incidência, porém, o mês de fevereiro tem sido mais impactante aos dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde) diante do vírus.

Conforme os dados disponibilizados no Painel Mais Saúde da secretaria, nos primeiros 21 dias de janeiro, MS registrou 35.508 casos de Covid, 29% positivos do total de testes realizados no Estado (118.678). A taxa de incidência nas primeiras dezenas do mês foi de 1.372 enquanto a taxa de mortalidade chegou a 5,33. Com 138 mortes.

No entanto, os 21 dias de fevereiro se mostram mais incidentes e letais para a doença em MS. Foram 98.272 testes realizados para o vírus, sendo 40.295 casos positivos — 41% do total dos testes confirmaram a presença do vírus nos moradores. A taxa de incidência era de 1.557.

Foram registradas 183 mortes pela doença em 21 dias do mês, 25 mortes a mais que em janeiro. A taxa de mortalidade para a doença é de 7,07 atualmente em MS. Os dados podem ser acessados aqui.

16 mortes em um dia

Boletim epidemiológico da Covid-19 desta terça-feira (22) registrou 16 óbitos em 24h. As notificações indicaram 2.742 novos casos em Mato Grosso do Sul em 24h. A média móvel de mortes (dos últimos sete dias) é de 17,4. Já a média móvel de notificações está em 3.061,3. Até o momento, o total de mortes é de 10.240. Já o número de notificações total é de 489.240.

Mato Grosso do Sul não registrou óbito por influenza em 24h. O número de mortes é de 87 pessoas, com 11 casos notificados nas últimas 24h, o que totaliza 460 notificações desde o início dos registros.

UTI

A ocupação global de leitos também é preocupante. Nesta terça, a macrorregião de Campo Grande registra 91% de ocupação, já a macrorregião de Dourados tem 96%, a de Três Lagoas 48%, e Corumbá tem 82% de ocupação.

fevereiro 23, 2022

Written by:

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X