Nova Moriá FM

Após ser ofendido no Instagram, Tiago Leifert entrou com uma queixa-crime contra um de seus seguidores naquela rede social. De acordo com Fábia Oliveira, do Em Off, os insultos foram em 21 de abril de 2020, mas o caso só foi registrado na Justiça em 10 de maio deste ano.

No documento, o apresentador narra como tudo aconteceu. De acordo com ele, Daniel Gonçalves Burocka teria chamado Leifert de “um lixo, falso” e que ele e seu pai, Gilberto Leifert, seria “um monte de merda e lixos humanos”.

Quando tudo aconteceu, Tiago Leifert acionou a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. Por meio da denúncia, a polícia conseguiu ter acesso à identidade do autor das ofensas, que se apresentava como Daniel_ktatau_personal no Instagram. Burocka chegou a ser ouvido pelos oficiais em 1º de julho de 2021 e confirmou que o perfil era de sua autoria.

Ao falar sobre suas palavras, o homem alegou que tudo foi motivado por desavenças políticas e que tomou a atitude enquanto estava com os ânimos exaltados. Burocka também se disse arrependido por sua postura.

A queixa-crime de Leifert foi apoiada no artigo 140 do código penal, que diz “injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro”. Caso seja condenado, o ofensor poderá pegar uma pena de detenção em regime aberto ou semiaberto, de um a seis meses, ou multa. Os advogados do apresentador pedem a condenação de Burocka pelas injúrias cometidas por três vezes.

Written by:

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

X